• Seja bem-vindo ao Consultório do Condomínio®   |     LOGIN 
  • geral@consultoriodocondominio.pt
  • 808 203 833

Seguros

Seguros

 

 Seguro de Responsabilidade Civil Administrador de Condomínio

Se é Administrador de Condomínios profissional, indicamos-lhe o que a nova legislação vai exigir:

➤ a) Ser empresário em nome individual ou revestir a forma de cooperativa, sociedade comercial, ou uma forma de agrupamento de sociedades, com domicílio ou sede efectiva num estado membro da União Europeia;
➤ b) Ter firma ou denominação social de acordo com o estipulado no n.º 1 do artigo 5.º;
➤ c) Ter por actividade e, tratando-se de pessoa colectiva, por objecto o exercício da actividade de administração de condomínios;
➤ d) Possuir contabilidade organizada;
➤ e) Possuir idoneidade comercial a empresa, bem como, tratando-se de pessoa colectiva, os respectivos administradores, gerentes ou directores, nos termos do artigo 6.º;
➤ f) Possuir capacidade profissional, nos termos do disposto no artigo 7.º;
➤ g) Possuir seguro de responsabilidade civil, nos termos do disposto no artigo 8.º.

 Seguro Multi-Risco Condomínio



➤ Para os nossos clientes apresentamos um produto inovador no mercado. Deixe o tratamento do seguro de condomínio connosco.
Nós contactamos os seus condóminos por si, explicamos, apresentamos soluções e cobramos de acordo com vontade do condómino e da assembleia de condóminos. No fim, garantimos que todos os condóminos têm seguro de acordo com o artigo 1429º C.C., enviando-lhe o relatório final com a(s) apólice(s).

➤ Neste mercado cada vez mais difícil, os administradores tendem por falta de informação ou por falta de tempo a descorar uma das suas funções:
Artigo 1436º C.C. alínea c)
“Verificar a existência do seguro contra o risco de incêndio, propondo à assembleia o montante do capital seguro;”
E uma obrigação legal, artigo 1429º C.C.
“1. É obrigatório o seguro contra o risco de incêndio do edifício, quer quanto às fracções autónomas, quer relativamente às partes comuns.
2. O seguro deve ser celebrado pelos condóminos; o administrador deve, no entanto, efectuá-lo quando os condóminos o não hajam feito dentro do prazo e pelo valor que, para o efeito, tenha sido fixado em assembleia; nesse caso, ficará com o direito de reaver deles o respectivo prémio.

➤ Vimos assim que se o condómino não faz prova, o administrador tem de celebrar um seguro, assumindo este em primeira instância responsabilidades, caso exista um sinistro – incêndio.
➤ E mesmo quando não há descuido, imagine o condómino que paga os seus seguros mensalmente ao banco, será que comprova todos os meses? Um condómino que não consegue pagar o prémio do seu seguro associado ao crédito à habitação, e passados alguns dias tem um sinistro. Quem vai pagar os danos? Quem vai ficar com o prejuízo e sem casa durante meses?
➤ Condóminos que não pagam as quotas de condomínio e têm um sinistro em casa; Condóminos que vivem no estrangeiro; Condóminos que receberam o imóvel de herança, mas ainda não se entenderam.

 

 Nós temos a solução

➤ Contacto directo com o seu condómino;
➤ Apresentação dos produtos, serviços e devido aconselhamento por mediador;
➤ Recolha do comprovativo da apólice individual;
➤ Concretização de apólices (em caso de necessidade);
➤ Realização de relatório para assembleia de condóminos;

 

 Exemplos de acontecimentos negativos

Explosão em apartamento deixa mulher ferida em Paços de Ferreira
Clique para visualizar a notícia

Seis desalojados após explosão em prédio do Porto
Clique para visualizar a notícia

Incêndio e explosão em prédio de Amarante esta madrugada
Clique para visualizar a notícia

Chão de prédio em Oeiras ruiu e provocou dois feridos.
Clique para visualizar a notícia

Desabamento parcial de prédio mata uma criança no ABC
Clique para visualizar a notícia